Capins na mesa!

Comecei as postagens deste ano contando que sou uma mulher que adora fazer listas. Em qualquer pedacinho de papel ou nas notas do celular.

Uma das minhas tarefas de 2019 é explorar mais o blog da Sinhá. Me dei conta que compartilho por aqui pouco material e eu tenho muita inspiração, pensamentos e conhecimento para dividir com você. Quer ver?

Essa mesa foi inspiração para o Natal de 2018, mas quem disse que não podemos dar um novo significado em outras ocasiões?

Como você já deve saber, a Sinhá traz uma proposta de arranjos desconstruídos e mais orgânicos.

Essa mesa foi composta apenas com capins, folhagens secas como a primavera desidratada e a queridinha pluma dos pampas, ou seja, você não precisa gastar muito para ter uma mesa de efeito. Sem contar na longa durabilidade. Se você der uma volta pelo seu bairro, no parque e começar a prestar mais atenção, você já pode encontrar algumas amostras.

Para dar esse efeito, quanto mais soltas as folhagens, melhor. Brinque e descabele, não se preocupe com a simetria das folhagens.

Investir em vasos diferentes também trazem efeito para sua mesa. Estes que parecem de madeira trazem mais aconchego e combinam muito mais com a proposta do que vasos transparentes.

O grande destaque da mesa foi o arranjo aéreo, que seguiu com as mesmas folhagens que usei na mesa.

Já começou a se inspirar para seu almoço de Páscoa?

Até a próxima!

Carol.

Foto Carolina Prieto Fotografia

Flores Sinhá Flor Jardim

Produção Casa de Valentina

Compartilhe:

Comentários no Facebook