Além das flores

Definitivamente, as flores são uma paixão na minha vida. Eu olho para elas e algo mágico acontece dentro de mim. É uma ligação. Contudo, a logística de um florista em vida solo, não é tão simples assim. É um trabalho árduo e cansativo, mas que tem como produto final a transformação em algo belo, sedutor e até mesmo terapêutico.

Ao meu ver, trabalho não deve ser apenas uma atividade para ganhar dinheiro. Através do trabalho, podemos desenvolver o melhor de nós mesmos e então distribuir esse resultado à sociedade.

Tudo o que você faz traz consequências para o mundo. Logo, seu trabalho deve trazer benefícios à todos e não apenas à você. Esse pensamento embora óbvio, é difícil de ser praticado ao pé da letra no dia a dia. Afinal, você deve observar como você impacta todos a seu redor.

Quando a gente começa a empreender por amor a algo, mas também para que seu trabalho pague as contas, é fácil o modelo de sucesso implantado em nossa cabeça vir a tona. Por muito tempo, busquei levar a Sinhá Flor num modelo de negócio que aprendi na faculdade, no instagram do vizinho e nesses gurus motivacionais. Desejei por tempo que a Sinhá Flor fosse maior do que a Carolina.

Passado um período intenso de trabalho, ajustes na rotina da casa, revisão de prioridades, me questiono se existe apenas uma receita para empreender e tornar sua empresa de sucesso. Será que sucesso é relacionado à grande escala e faturamento alto? Afinal, o que é sucesso para você?

Bom, eu ainda não sei. Estou trazendo um novo modelo de pensar para meu dia a dia. Mas são por esses motivos, que a Sinhá Flor está passando por um processo de mudança. Por mim e por todos que me cercam. Como as flores da Sinhá podem impactar no nosso dia?

Resolvi escrever esse post com muito carinho e em respeito a tantas mensagens que recebi depois do meu post anunciando uma parada após o dia das mães. Muitos me perguntam se é uma desistência. Não, não é. Não por enquanto, é apenas um ajusta na vela no barco.

Enquanto isso, vamos desconstruindo modelos e construindo um caminho mais leve e feliz.

Se você quiser bater um papo sobre empreender com equilíbrio, ficarei muito feliz na troca!

Grande beijo!

Carol.

 

Compartilhe:

Comentários no Facebook